terça-feira, outubro 20, 2009


Querido Diário...

3


Após 8 meses de intenso trabalho enfim chegou o fim do mesmo.Nestes meses conquistei muitas coisas:novos amigos,status,nova identidade,mudei muito; não sei dizer se foi para melhor ou para pior,mais agora 20 dias após o fim venho perceber que parei a minha vida.
Não vivi nos últimos 3 anos ou mais,me tornei uma bonequinha de lata,um robô só vivi para o trabalho,me afastei da sociedade.
Agora que o sangue esfriou bateu maior carência em todos os sentidos,e com isso ganhei novos objetivos:Primeiramente preciso reforçar a educação vou fazer faculdade ainda não sei de que,concluir cursos inacabados,quem sabe não conheço pessoas novas,pena que a pessoa por quem me interessei não tenha o mesmo interesse.
Meus amigos falam que estou vivendo minha melhor fase,realmente estou me sentindo diferente.Acho que estou começando a sentir a vida correr nas minhas veias.
Tenho os meus momentos deprimentes mais não são tão fortes como eram.
Meus sonhos me fortaleceram me deram força para continuar,e olha que nestes últimos meses passei por cada situação...
Fui perseguida no trabalho,fui alvo de intrigas,apartei confusões,só na última semana de Setembro fui a três enterros...Afff se estivesse mal psicologicamente estaria pedindo arêgo...
Mais também sorri e muito e fiz muita gente sorrir também,percebi que um gesto de gentileza é o suficiente para tirar um sorriso de um rosto triste,também percebi que este mesmo gesto de gentileza é capaz de tornar um rosto alegre em um rosto triste.
Até que ponto se pode confiar numa pessoa por mais bondosa que ela seja?
Eu vi muita falsidade,inveja,intrigas,humilhações...Nem sei o porque me surpreendi com tais coisas que vi.
Estou tentando fazer uma vida social,apesar desta fobia que possuo e cada reportagem cada tiro que ouço próximo a minha casa,me sinto de volta a prisão.
A prisão que a violência construiu.È muito difícil ter de enfrentar nossos medos,meus amigos sempre dizem que sou mais forte do que pareço,realmente em alguns pontos sim.
O fato de eu consegui lidar com tudo isso é a falta de apoio familiar,a minha família se bobear termina de me destruir então sei que se eu não me manter forte lutar para ser feliz,eu posso declarar o final de tudo.
Não tenho onde me segurar e meus amigos não podem estar presentes para me ajudar 24 horas por dia.
Agora estou lutando para conseguir outro emprego e se Deus quiser vou conseguir um logo logo.
O mundo não vai parar para que eu junte as minhas peças.
Vou continuar seguindo qualquer novidade com certeza escreverei.

3 Desabafos:

***Marybonekinha*** disse...

oi encontrei vc no orkut

gostei do blog to seguindo e voltarei mais vezes

visite os meus


maquiagens http://sentimentosreias.blogspot.com/
musica anos 80 http://romanceinmusic.blogspot.com/

comentem e siga

Carla disse...

Isso aí, é pra frente que se anda !!! Boa sorte !!!!

Aline Diedrich disse...

o trabalho é importante, mas não só ele... precisamos ter nosso tempo, para coisas pessoais e nossos amigos... para curtir o que a vida tem de melhor. O trabalho não pode ser um peso, deve ser um complemento....Mas tudo é um aprendizado... Gostei do seu blog!

http://alinediedrich.blogspot.com/

Postar um comentário

Obrigada por comentar,dúvidas sobre algum texto deixe seu e-mail e responderei,Grata!!!!