domingo, outubro 25, 2009


Solidão

3

As fases da vida se passaram tão rapidamente
Todas se foram-Eu não vi
Como outros viram, eu não poderia trazer
Paixões de uma fonte comum.
Da mesma fonte que eu não tenha tomado
Minha tristeza, eu não poderia despertar
NO meu coração a alegria no mesmo tom;
E tudo que eu amei, amei sozinha.
Então, na minha infância, na madrugada
De uma vida mais tempestuosa, foi elaborado
De cada profundidade do bem e do mal
O mistério que ainda me liga a toda esta lembrança
Da torrente ou da fonte -
A partir do penhasco vermelho da montanha
Do sol que erradia me iluminando
Na sua tonalidade da estação de Outono
Nesta manhã de Quinta-feira
Como poderia ter passado tão rápido -
A partir do trovão e da tempestade
E a nuvem que tomou a forma
(Quando o resto do céu estava azul)
Tudo o que sinto é a brisa em meu corpo,
E esta sensação de vazio.
E a solidão vindo me buscar mais uma vez.
E estou eu aqui esperando por ela!

3 Desabafos:

Montanari disse...

"Tudo o que eu amei, amei sozinha"

Nossa, essa frase me bateu como um soco no estômago. É extremamente frustrante e triste quando descobrimos que o amor que nos rodeou todo o tempo foi unilateral.

O mundo de cada um disse...

è querida, ama sozinha ninguem merece!

Antonio disse...

Amar sozinho ? Solidão frustante daquelas, hein...
Os temas propostos aqui são, geralmente, muito interessantes. Esse, apesar de não muito recomendativo, não fugiu a excessão. Parabéns !
www.antonizado.blogspot.com

Postar um comentário

Obrigada por comentar,dúvidas sobre algum texto deixe seu e-mail e responderei,Grata!!!!