quarta-feira, novembro 25, 2009


Poema

4


O poema de todos os lugares que eu nunca fui
O poema de todos os sonhos que não sonhei
O poema de outros poemas escritos em linhas que jamais havia imaginado
O poema do infinito "O que é e o que não é""O que vai ser e o que não vai ser"
O poema dos mares,sóis,sons e sonetos de Shakespeare,
O poema de palavras,palavras cujos sons não querem dizer o que sentimos
O poema que diz tudo, e não podemos escrever
O poema que não está,e nunca estará em mim
O poema que não escrevo
O poema perdido
O poema que não é um poema
O poema da contradição passada
O poema além do poema escondido dentro do poema
O poema que nunca será um poema
O poema que não posso sonhar.

4 Desabafos:

MO disse...

muito legal este poema...
adorei o blog parabens

Manoel Leonam disse...

O poema mais escroto já escrito

Aqela pessoa... disse...

Gostei :)

Judson Coelho disse...

O poema que fala por si...
O poema que é em si um sonhar.

Bonito e rico, exige q se tenha mente e alma abertas p q lhe possa tocar, exatamente o q me atrai xD

Parabéns, continue assim...

Postar um comentário

Obrigada por comentar,dúvidas sobre algum texto deixe seu e-mail e responderei,Grata!!!!