terça-feira, janeiro 26, 2010


Os relatos de David (O diário de um coração negro)

17
Baseado nas estórias de David Knox.


Relato 1- O choro

Socorro!!!Ajudem-me!!!
Eu estou chorando,
claro que ninguém se importa porque
eles apenas passam por mim todos os dias e me ignoram como sempre.

Eu tento ser agradável, tento me abrir para eles
mas eles me desestimulam cada vez mais,me fazendo se fechar nas minhas dores emocionais.
Por que eles se importariam?Nunca se importaram.
Queria apenas dizer que a vida era injusta?
Por acaso em algum momento ela foi justa?
Quem causou todo o mal foi errado
e, provavelmente, não viverá muito tempo.
Meu destino é a minha morte
mesmo que me deixem abrir o meu diário e escrever como estou fazendo agora
Que não seja tarde demais... O meu destino não pode quebrar meus laços (com eles)


Relato 2- O coração

Com a mão sobre o coração...
Meus sentimentos dançam com suas batidas
tentei não deixar que tais sentimentos estourassem em minhas veias
E quando eu pude encontrar ...

não houve nada ........
Eu olho para baixo e choro, eu choro e digo que eu não sei por quê? !
mas eu sei que o que eu disse foi uma mentira
Eu retive todos os meus sentimentos e agora...
Agora eu sou um vazio,um nada,nem engraçado e nem espirituoso
Por favor, poupe sua pena
Eu não tenho sentimentos no meu coração vazio.


Relato 3- Meu amor apático e forçado

Eu tento me afastar, mas é difícil não estar perto ...
sua empatia não cancela a minha apatia
porque você sabe que eu não me importo ...
Este tipo de amor que eu nunca conheci, mas ele costuma assombrar meu coração
Eu não refiz esse evento lamentável que ocorreu no passado
suas estrelas que deixaram meu céu há muito tempo
Agora, sem a sua música a minha alegria se transformou em trevas
Eu só quero deixar meus sentimentos fluírem!
Se houver algum tipo de recaída,esta possibilidade é improvável e duvidosa
Mas por favor traga de volta as estrelas,eu preciso tê-las de volta.
Mas você continua querendo saber notícias sobre mim, não sei se você precisa de mim também,
Com a apatia que segue meus dias toda vez que perguntam sobre mim eu gaguejo e me vejo diante de uma situação embaraçosa.

Continua...

17 Desabafos:

Mariana de Sousa disse...

pouxa eu gostei do seu blog, mas confesso que ESSE post me perturbou um pouco! lagrimas as vezes doem tantooo. bela literatura! se comprimir um pouco, metrificar, dara um belissiimo poema! esta intrigante, e gostoso de ler. Parabens pelo blog

Montanari disse...

O primeiro relato foi o que eu mais gostei. Na verdade gostar não foi a palavra certa, eu me identifiquei, pois ando passando pela mesma situação. Um post belo e sensível. Mandou muito bem.

DANIEL BP disse...

Bom blog, parabéns!

Elmo Freitas disse...

Poxa!
Vc escreve muito bem!!!
Parabéns!
Voltarei mais vezes!

JaCoNa disse...

Oi, oi....
Tu escreves mtu bem, de verdade! sabes passasar bem uma ideia de emoção e sentimento....
Amei o relato 3... é oq mais se aproxima do meu estilo de escrever =D
parabéns e sucesso ;)

Priscila disse...

ual . Muito lindos e profundos demais .
Nossa! tu escreve tão bem , seu blog é muito bom .
Mais sucesso ainda com ele , viu flor *-*
bjs

http://nomeecriativo.blogspot.com/

Henry Barros disse...

Muito legal o texto =D muito bem

Vinicius Oliveira disse...

muito bom o texto muito bom seu blog

parabens

http://viniciusoliveiraa.blogspot.com/

Millena Blogueira disse...

Excelente!Você escreve muito bem e consegue prender o leitor do começo ao fim.

Rodolfo Soares disse...

Ahhh o coração... é a causa do choro, do riso, de tudo!!! e quando não fazemos algo que não está relacionado a ele é porque ja o preenchemos ou estamos tentando preencher!


Abraços
www.borarir.com

Judson Coelho disse...

Acho q o primeiro relato jah vale por todos, sinceramente, mt bom, vejo q vens evoluindo em teus poemas e escritos e espero q continues assim xD

Abraço!

luiz scalercio disse...

cara bellissimo blog
gostei muito dos texto.

Rodrigo disse...

Fica difícil pensar em o que postar diante desse texto tão "maravilhoso"
A comparação que você fez com davi foi tremenda( espero que eu tenha entendido direito)
Suas emoções com as dele......simplismente maravilhoso....sem comentário....

maricotO disse...

Quem é David Knox? quanta tristeza e lamentação, fiquei curioso em saber as inspirações desses relatos. Confesso que não gosto muito daquilo que não compreendo, e só pude perceber que é triste mesmo, mas acho que é mesmo porque não sei no que se baseou. Boa sorte nas continuações.

Antonoly disse...

Bom post, bem escrito, mas não é o meu estilo favorito de leitura.
Um abraço!

Baccarat disse...

Olá...gostei do jeito com que vc se refere oas outros a vc...vc analisa friamente os sentimentos e as situações a sua volta,apesar de ser um pouco DARK vc é boa no seu estilo..
parabéns...

blog disse...

Estou impressionado. Há algo de Jacques Cazotte em seu texto, essa melancolia contida.
Vale ler.

Ipsis Litteris

Postar um comentário

Obrigada por comentar,dúvidas sobre algum texto deixe seu e-mail e responderei,Grata!!!!